O projeto Revisões literárias: a aplicação criativa de romances velhos (sécs. XV-XVII) visa a constituição do catálogo digital dos intertextos romancísticos que se engastam com funções muito heterogéneas nas letras portuguesas do período auge do género épico-lírico. Inicialmente, reexaminou a identificação das interpolações reunidas por Carolina Michaëlis de Vasconcelos nos “Romances Velhos em Portugal” (1907-1909). Procedeu à recapitulação das lições da filóloga com base no mais recente conhecimento do romanceiro antigo e da biblioteca portuguesa dos séculos mencionados. Seguidamente, incidiu sobre os contributos dos estudiosos ulteriores que, em boa medida, concorreram para a identificação dos engastes descobertos por Michaëlis de Vasconcelos sem que a notável especialista conseguisse precisar a proveniência temática das interpolações. Atualmente, prossegue a investigação destes últimos e dá os primeiros passos no exame dos códices e outros manuscritos dispersos que ainda não foram repassados sob este ângulo crítico.

 

 

 A equipa