Engaste

que os erros por amores tem priuilegio de moedeiro

que os erros por amores tem privilégio de moedeiro

(Moç.) Oulà, ſenhores, pedem as figuras alfinetes para toucarem hum Eſcudeiro, hora ſus hahi quem dè mais que ainda vos veja todas a mim às rebatinhas, hora ſus venhaõ de mano em mano, ou de mana em mana. (Eſcud. Moço, falla bem enſinado. (Moç.) Senhor, não faz ao caſo, que os erros por amores tem priuilegio de moedeiro. 

Moço   Oulá, senhores. Pedem as figuras alfinetes para toucarem um escudeiro. Ora sus, há i quem dê mais? Que ainda vos veja todas a mim às rebatinhas. Ora sus, venham de mano em mano, ou de mana em mana. | Escudeiro   Moço, fala bem ensinado. | Moço   Senhor, não faz ao caso, que os erros por amores tem privilégio de moedeiro.
 
  • Português

Vasconcelos, Carolina Michaëlis de, “Estudos sobre o Romanceiro peninsular. Romances velhos em Portugal”, Cultura española, IX, 1908, p. 129.

Autoria
Luís de Camões
  • Identificada
1524?
1580
  • XVI
Composição ou secção quadro

Comedia del Rey Selevco

Mordomo [...] Eis, senhores, o Autor

Dramático
  • Português
  • Espanhol

Camões, Luís de, Auto del Rei Seleuco, Centro de Estudos de Teatro, Teatro de Autores Portugueses do Séc. XVI, www.cet-e-quinhentos.com [17/10/2018].

Sim
  • Paródica
Obra

Rimas de Lvis de Camões. Primeira Parte. Agora nouamente emendadas nesta vltima impressaõ, & acrecentada hũa Comedia nunca atègora impressa. Em Lisboa Com todas as licenças. Na Officina de Paulo Craesbeeck Impressor, & Liureiro das tres Ordẽs Militares, & à sua custa. An. 1645, fol. 187r.

  • Dramático
  • Lírico
  • Epistolográfico
  • Português
  • Espanhol

Esta obra encontra-se disponível na coleção digital da Biblioteca Nacional de Portugal, http://purl.pt/14101 [17/10/2018].

Romance(s) de origem

Este grupo e os respetivos campos surgem replicados quando o verso de procedência do engaste é partilhado por vários romances.