Engaste

Por el otro  ſe le iua, las barbas ſe eſtá meſsãdo

Por el otro que se le iva, las barbas se está messando

Ho mantedor ſe recolheo com furioſo aſpeto, & deſcontente de não poder ſatisfazerſe de ſeu contrario, poderaſe dizer por elle. Por el otro  ſe le iua, las barbas ſe eſtá meſsãdo, & tudo ſe delle deuia eſperar, mas os fados repartẽ ſuas horas: & esforçam ſeus deſaſtres onde acham reſiſtencia.

O mantedor se recolheu, com furioso aspecto e descontente de não poder satisfazer-se de seu contrário; pudera-se dizer por ele Por el otro que se le iva, las barbas se está messando e tudo se dele devia esperar, mas os fados repartem suas horas e esforçam seus desastres onde acham resistência.

  • Espanhol

Vasconcelos, Carolina Michaëlis de, “Estudos sobre o Romanceiro peninsular. Romances velhos em Portugal”, Cultura española, VIII, 1907, pp. 1034-1035.

Autoria
Jorge Ferreira de Vasconcelos
  • Atribuída
1515
1585
  • XVI
Composição ou secção quadro

Capit. xlvij. Do torneo que fez ho esclarecido Principe em idade de quinze annos.

Mvyto diuido he dar ho louuor & preço à quẽ se deue

Romance de cavalaria
  • Português
  • Espanhol

Vasconcelos, Jorge Ferreira de, Memorial das Proezas da Segunda Távola Redonda, edição de João Palma-Ferreira, Porto, Lello Editores, 1998, p. 383.

Sim
  • Paródica
Obra

Memorial das Proezas da Segunda Tauola redonda. Ao muyto alto & muyto poderoso Rey dõ Sebastião primeyro deste nome em Portugal, nosso senhor. Em Coimbra. Em casa de João de Barreyra. Anno. 1567, fol. 224v.

  • Romance de cavalaria
  • Português
  • Espanhol

Esta obra encontra-se disponível na coleção digital da Biblioteca Nacional de Portugal, http://purl.pt/15061 [27/03/2019].

Romance(s) de origem

Este grupo e os respetivos campos surgem replicados quando o verso de procedência do engaste é partilhado por vários romances.